A Microio é uma empresa de inovação na área da eletrónica, especializada na criação de soluções integradas de software e hardware, desenvolvidas à medida. Os produtos e serviços desenvolvidos têm a particularidade de serem versáteis, adaptando-se ao cliente e utilizando as mais recentes tecnologias.

A Microio nasceu no seio da Universidade de Aveiro, em 1998, na Incubadora de Empresas IEUA com a qual tem mantido, até hoje, estreitas ligações, promovendo acima de tudo, inovação, criatividade e conhecimento. Esta ligação reflete-se no recrutamento de profissionais de várias áreas, na inclusão de Estágios, Mestrados e mesmo de Doutoramentos em empresa.

A Microio valoriza essencialmente a comunicação com os seus clientes, potenciando as sinergias e criando produtos e serviços inovadores, nos quais integra com frequência o resultado das atividades de I&D. Esta postura tem resultado no registo de patentes nacionais e internacionais em várias áreas como pagamentos, comunicações e sistemas.

Por consequência, a Microio é uma empresa certificada a nível internacional em ITMARK na sistematização do desenvolvimento de produtos e na melhoria dos processos críticos da organização, integrando assim, o leque restrito das três primeiras empresas portuguesas certificadas em ITMARK. É de salientar a certificação do Sistema de Gestão da Qualidade com a norma ISO 9001:2008 e na NP ISO/IEC 27001:2013 – Segurança da informação no desenvolvimento, operação e gestão da solução UnicardVending, de acordo com a Declaração de Aplicabilidade.

Com um crescimento anual que, nos últimos anos, se tem situado muito acima da média nacional, a Microio tem vindo a contrariar as tendências da economia nacional, graças a uma gestão sólida, a uma forte aposta em soluções tecnologicamente comprovadas e a um leque diversificado de produtos e soluções, que dão uma resposta eficaz às principais preocupações do seu vasto mercado: as questões de segurança e o aumento de eficiência nas organizações.

A Microio tem como principal missão criar soluções para recolher, organizar e disponibilizar informação de valor
Ser uma empresa de referência no desenvolvimento de soluções integradas de Software e Hardware
Transformar novas oportunidades em projetos concretos e viáveis, com empenho na área de I&D e forte aposta na formação dos seus recursos humanos
Ser líder nacional no desenvolvimento de sistemas eletrónicos especializados
Partilha ativa do conhecimento potenciando parcerias para antecipar e satisfazer as necessidades do Cliente
Compromisso inequívoco com a satisfação das expectativas do Cliente
Valorizar o desenvolvimento pessoal e profissional dos seus colaboradores, promovendo a sua motivação, formação e aprendizagem
Não ter medo de pensar diferente. Fazer hoje o que os outros só conseguirão fazer amanhã
A Microio tem como objetivo principal superar as expectativas dos seus clientes, privilegiando a comunicação com os mesmos, tratando toda a informação de forma sigilosa e cuidada de modo a proteger e salvaguardar a propriedade do cliente, potenciando as sinergias e criando produtos inovadores. Outros objetivos passam por:
Satisfazer plenamente as necessidades e expectativas dos clientes através de produtos e serviços inovadores oriundos de atividades de investigação e desenvolvimento
Melhorar a criação de valor através do desenvolvimento de uma boa comunicação externa
Acompanhar as interfaces obtendo feedback sobre novas oportunidades de negócio, a nível de produtos e processos, em parceria com clientes, fornecedores e outras entidades, e assegurar a circulação e a transferência de conhecimento entre toda a organização
Incitar uma cultura de inovação e criatividade com a finalidade de desenvolver ideias que contribuam para a competitividade da empresa
Controlar/restringir o acesso à informação sensível apenas a parceiros autorizados e com o consentimento da administração/cliente/parceiro
Definir objetivos de segurança de informação e a acompanha-los anualmente garantindo confidencialidade, acessibilidade e integridade de forma a garantir que a informação do sistema se mantenha confidencial e acessível a quem de direito
Cumprir com os requisitos legais, estatuários regulamentares e normativos aplicáveis aos nossos produtos e serviço (legislação em vigor para o território português e especificamente para a atividade ligada ao sector de informática)
A assembleia de sócios da Microio garante o cumprimento dos requisitos das normas NP EN ISO 9001:2008, NP ISO/IEC 27001:2013,e boas práticas da NP 4457:2007, bem como da certificação em IT Mark, e compromete-se a promover a melhoria contínua de forma a dotar a empresa de um modelo de gestão responsável, competente, participativo e motivado, no quadro de uma política de permanente otimização.
A Microio acredita na capacidade de desenvolver uma gestão que garanta a harmonia entre a eficácia económico-financeira, o respeito pelo indivíduo, a equidade e promoção do bem-estar social e o equilíbrio ecológico.

Desta forma, a política de responsabilidade social, baseada na visão, missão e valores da empresa, assenta em princípios que promovem a empresa, os seus colaboradores, a comunidade e o meio ambiente, que fomentam:

Preservação e respeito pelo meio ambiente
Abertura para o diálogo e promoção da justiça
Atuação ética assente no respeito pelo indivíduo e seus direitos
Igualdade de direitos e oportunidades
Oportunidade de trabalho e o desenvolvimento pessoal e profissional
Adequada aplicação da lei e respeito pelos seus representantes
Confiança e rigor nas relações empresariais
Gestão eficaz do risco do negócio
Existência de uma sociedade mais justa e solidária
O código de ética da Microio espelha os valores e os princípios essenciais que pautam a atuação da empresa, bem como as normas de conduta a que os seus colaboradores estão sujeitos e assumem como suas e a Microio pretende que sejam reconhecidas e aceites por todos os seus parceiros (fornecedores, agentes e distribuidores).

Nas suas vertentes de atuação, a Microio respeita e promove o cumprimento dos princípios legais e éticos, contribuindo para a transparência e integridade institucional e comercial, cumprindo com a lei e agindo com seriedade, honestidade, integridade e respeito pelos direitos e dignidade da pessoa humana.

Empenhada no cumprimento da lei em todas as situações, a Microio pauta a sua conduta pela transparência e rigor, não tolerando práticas ilegais ou eticamente reprováveis (como o suborno, a extorsão, a corrupção, o favorecimento).

Todos os colaboradores, fornecedores e parceiros da Microio devem comportar-se de acordo com os critérios legais, éticos e sempre de forma transparente, não sendo toleradas práticas ilegais ou eticamente duvidosas (como por exemplo, o pagamento de favores, qualquer forma de suborno ou favoritismo). Devem também colaborar no cumprimento das regras previstas neste Código de Ética através do reporte de casos de corrupção, suborno, fraude, desrespeito pelos direitos humanos ou laborais ou outras práticas ilegais ou anti-éticas.

Trabalho infantil
Ninguém poderá ser admitido ao trabalho sem ter cumprido a idade mínima de admissão definida por lei (16 anos), sendo apenas admitidas exceções legalmente previstas no Código de Trabalho, desde que o mesmo tenha terminado a escolaridade obrigatória e se trate apenas de trabalhos leves (que não envolvam riscos, perigos, horário noturno ou incompatibilidade com a saúde ou desenvolvimento pessoal). Sendo o trabalhador menor, os seus interesses são prioritários no que respeita à proteção da sua saúde, educação e formação.
Trabalho forçado
Os trabalhadores são sempre livres de deixar o local de trabalho nos termos previstos na lei, não havendo nenhuma forma de trabalho forçado, devem conhecer e entender os seus direitos e obrigações, nos termos legais e contratuais aplicáveis, e não são obrigados a depositar dinheiro a título de garantia ou a entregar os seus documentos de identidade à entidade patronal.
Saúde, segurança e bem-estar
É cumprida a legislação no âmbito de saúde e segurança. É proporcionado um ambiente de trabalho seguro e saudável a todos os colaboradores, salvaguardando as questões de saúde e segurança de terceiros que possam ser afetados pelas atividades desenvolvidas, nos termos da legislação nacional e das normas internacionais aplicáveis.
Todos os produtos e serviços devem cumprir as normas e princípios gerais aplicáveis à prevenção de risco para a saúde e segurança de todas as pessoas envolvidas, incluindo os necessários à prevenção de acidentes e doenças profissionais.

Os colaboradores são competentes para desenvolverem a sua atividade em condições de saúde e segurança, sendo tomadas medidas para garantir a informação e formação adequadas sobre as normas e procedimentos nos termos legais aplicáveis.
Existem mecanismos adequados para responder às situações de emergência e acidentes que possam vir a ocorrer.

Liberdade de associação
Os colaboradores são livres de se associarem a sindicatos/outras organizações que os representem para o exercício dos seus direitos, de acordo com a lei.
É incentivada uma comunicação aberta e transparente com os colaboradores de modo a manter um relacionamento saudável no ambiente profissional e capaz de resolver os problemas laborais.
Não discriminação
Não é aceite nenhuma forma de discriminação na contratação ou negociação das condições contratuais, nomeadamente remunerações, acesso à formação, progressão na carreira e decisões sobre a rescisão contratual/reforma.
Como exemplos de discriminação inadmissíveis temos: raça, sexo, gravidez, orientação sexual, classe social, religião, opiniões políticas, idade, nacionalidade, estado civil, incapacidade ou deficiência e todas as outras previstas na lei, ou em convenções internacionais).
Disciplina
Todos os colaboradores são tratados com respeito, dignidade e privacidade enquanto pessoas, respeitando a lei aplicável. São proibidos abusos físicos, verbais ou de qualquer outro tipo, nomeadamente perseguição, assédio, ameaça ou intimidação física/moral.
Horário de trabalho
O horário de trabalho respeita a lei e é compatível com a vida familiar e a maternidade/paternidade. As férias e os dias de descanso são os previstos na lei e, as horas extra são pagas de acordo com a legislação nacional.
Pagamento
São assegurados aos colaboradores as condições de trabalho e uma remuneração razoável e justa.
Ambiente
São cumpridas as leis e normas nacionais e internacionais de âmbito ambiental.
Adotamos medidas de melhoria de desempenho ambiental dos produtos e serviços usados e comercializados, bem como é incentivado e apoiada a descoberta e desenvolvimento de produtos e serviços que tragam melhores benefícios ambientais e sociais.

O NOSSO PERCURSO

timeline_pre_loader
1998
2000

1º Sistema de Gestão Termal nas Termas de Monfortinho – Grupo BES
2002
2004

Implementação de controlo de acessos nas lojas Vodafone no Parque das Nações
2006

SIGE selecionado pelo Totta para produto TottaEscolas

Início de I&D via NITEC
2007
2008

Implementação do sistema Unicard Kids na Câmara Municipal de Aveiro (36 Escolas – 7 Agrupamentos)
2009
2010

Primeiro produto iniciativa M2M Optimus Connect – Unicard AnyWhere

Líder de mercado em escolas (ultrapassa 500.000 alunos)
2011

Implementação do sistema Unicard Kids – Câmara Municipal Almada

Desenvolvimento de um sistema de gestão de lavandarias – cliente UBI

Início do processo de internacionalização (Brasil, Angola e Cabo Verde)
2012

Desenvolvimento de um sistema de gestão de chuveiros – cliente UBI

Implementação do sistema Unicard Business na Universidade de Lisboa

Certificação Internacional em ITMARK e do Sistema de Gestão Integrado,
de acordo com a norma NP4457
2013
2016

PATENTE INTERNACIONAL aprovada nos EUA – “Técnica e dispositivo para a captura de um canal de comunicações partilhado entre bandas de contenção”
2017

Internacionalização México – implementação do Unicard School no Colégio The American School Foundation, México

A NOSSA EQUIPA

GESTÃO / DIREÇÃO
José A. Fonseca – Sócio

Fernando Almeida – Sócio-Gerente

ADMINISTRATIVO
Mónica Silva – Assessora Geral

Dora Semião – Administrativa

Carla Ferreira – Responsável SGI

COMERCIAL / MARKETING
Ricardo Filipe – Diretor Comercial

Pedro Jesus – Gestor de Negócio

Miguel Sousa Gomes – Gestor de Produto

Maria Inês Sousa – Marketing

Natália Fernandes – Formação

ENGENHARIA DE SOFTWARE
Carlos Franco – Diretor de Software

Paulo Rocha – Analista de Software

Ilan Pegoraro – Programador

Marco Pereira – Programador

Pedro Marquinhos – Programador

Tiago Gonçalves – Programador

Rui Tão – Responsável Apoio ao Cliente

Carla Pereira – Apoio ao cliente – 2ª Linha

David Domingues – Apoio ao cliente – 2ª Linha

Fábio Alvim – Apoio ao cliente – 2ª Linha

Mário Caramujo – Apoio ao cliente – 2ª Linha

Rafael Castro – Estagiário

Tânia Santos – Designer

APOIO AO CLIENTE
Filipa Tavares – Testes e Qualidade

Rafael Santos – Apoio ao Cliente

Rafael Laranjeiro – Apoio ao Cliente

Miguel Coutinho – Apoio ao Cliente

ENGENHARIA DE HARDWARE
Rui Rebelo – Diretor de Hardware

Daniel Silva – Responsável R&D

Andreia Abreu – Analista de Sistemas

Luís Santos – Analista de Sistemas

Pedro Franco – Analista de Sistemas

Danilo Saraiva – Analista de Sistemas

Nelson Cardoso – Analista de Sistemas

Miguel Mestre – Analista de Sistemas

OPERAÇÕES
Luís Tavares – Diretor de Operações

Pedro Avarenga – Técnico de Eletrónica

Diogo Oliveira – Técnico de Informática

Bruno Tavares – Técnico de Informática

Filipe Gonçalves – Técnico de Eletrónica

Daniel Santos – Técnico de Eletrónica